sábado, 23 de setembro de 2017

RESULTADO - 365 Dias de Páginas Literárias

E chegou o dia de conhecer os ganhadores dos sorteios de aniversário de um ano do blog! \o/\o/\o/

Vamos começar sorteando o KIT 1 (esse da foto aqui em baixo!)




1 livro A Cidade do Sol, do autor Khaled Hosseini

1 livro O Passado de Joanna (autografado), de minha autoria

1 livro O Julgamento de Shemaya, do autor James Kimmel Jr.








Participantes


Número Sorteado

Como o número 1 não tem o nome de ninguém, foi solicitado que o site do Sorteador sorteasse (meio estranho isso né?) um número entre 2 e 25.

Como podem ver, pela lista de participantes, a vencedora foi a:

Jaqueline Félix!


Aeeee!!! Parabéns!!!

\o/\o/\o/

Jaqueline, não se esqueça de que você tem 24 horas para entrar em contato comigo (aqui pelo blog, facebook, instagram ou e-mail) e me enviar seu endereço. Do contrario, outro sorteio será realizado!


Vamos agora sortear o KIT 2 (esse da foto aqui em baixo!)






1 livro A Coroa, da autora Kiera Cass

1 livro Os Inconfidentes, do autor Carlos Alberto de Carvalho

1 livro Leis da Paixão, da autora N. M. Silber









Participantes


Número Sorteado

Como o número 1 não tem o nome de ninguém, foi solicitado que o site do Sorteador sorteasse (meio estranho isso né?) um número entre 2 e 21.

Como podem ver, pela lista de participantes, a vencedora foi a:

Sueli Cobbos!


Aeeee!!! Parabéns!!!

\o/\o/\o/

Sueli, não se esqueça de que você tem 24 horas para entrar em contato comigo (aqui pelo blog, facebook, instagram ou e-mail) e me enviar seu endereço. Do contrario, outro sorteio será realizado!



Lindos, é isso! Obrigada a todos os que participaram! Meninas, aguardo contato de vocês!

P.S.: Caso você queira meu livro (autografado) pode comprá-lo clicando aqui
Ele está em promoção: R$ 15,00 com frete GRÁTIS e o pagamento é feito pelo Pagseguro (boleto ou cartão). Caso prefira pagar por depósito é só entrar em contato comigo! 


Beijos! :)

domingo, 3 de setembro de 2017

A Queridinha do Instagram

Olá leitores!

A partir de hoje quero fazer uma série de posts mensais aqui no blog mostrando qual é a editora queridinha dos leitores nas redes sociais. Afinal, são as equipes que trabalham duro para que tenhamos nossos queridinhos em mãos. Por que não dar um pouco de crédito pra elas?

Hoje vou postar aqui as 20 editoras mais queridas dos INSTAGRAM. Ou seja, as editoras mais seguidas na rede social.

Para essa pesquisa foram consideradas apenas as editoras com mais de 1.000 (mil) seguidores e que realizaram postagens na ultima semana. Se você que está lendo esse post faz parte de alguma editora que não está nessa lista e quiser saber se ela está sendo acompanhada por mim ou não, pode comentar aqui no post ou enviar um e-mail para paginasdaminhavidaliteraria@gmail.com.

Agora vamos lá! Muitas delas vocês já conhecem e provavelmente adoram o trabalho delas! Confiram!

01. Editora Intrínseca - 334 mil seguidores
02. Editora Rocco - 223 mil seguidores
03. Editora Arqueiro - 199 mil seguidores
04. Editora Darkside - 176 mil seguidores
05. Editora Sextante - 112 mil seguidores
06. Editora Gutemberg - 103 mil seguidores 
07. Editora Leya - 97.400 seguidores
08. Editora Zahar - 72.500 seguidores
09. Verus Editora - 69.700 seguidores
10. Editora Aleph - 66.400 seguidores
11. Editora Suma de Letras - 65.900 seguidores
12. Editora Paralela - 65.600 seguidores
13. Editora Universo dos Livros - 63.600 seguidores
14. Editora Novo Século - 48.200 seguidores
15. Editora Objetiva - 43.500 seguidores
16. Editora Valentina - 36.400 seguidores
17. Editora Martins Fontes - 32.100 seguidores
18. Editora Pandorga - 31.800 seguidores
19. Editora Fundamento - 31.700 seguidores
20. Editora Belas Letras - 27.800 seguidores

E então? Qual delas é a sua preferida e por que? Qual delas predomina na sua estante? Deixe sua opinião nos comentários.

sábado, 19 de agosto de 2017

SORTEIO - 365 Dias de Páginas Literárias

Olá leitores!!!

É com MUITA ALEGRIA que venho aqui para falar para vocês que dia 16 de agosto foi o aniversário de 1 aninho do blog (que anda as moscas! SIM EU SEI! E peço desculpas por isso...)!

O fato é que quero comemorar essa data com vocês! Desta forma, resolvi fazer sorteio de DOIS kits de livros, ou seja, teremos 2 ganhadores! \o/\o/\o/

Vamos la conhecer os nossos kits e ver como podemos fazer para participar?

Para Participar

Vamos as regrinha básicas do sorteio:

1. Aquele que desejar participar deve preencher corretamente a ficha correspondente ao Kit que deseja (pode concorrer aos dois se desejar).
2. O sorteio será feito no dia 23 de setembro de 2017 (sábado).
3. O participante deve residir no território brasileiro (lê-se Brasil).  :)
4. O ganhador terá 24 horas para entrar em contato comigo em qualquer rede social ou e-mail (paginasdaminhavidaliteraria@gmail.com) após a divulgação do resultado.
5. Após feito o contato, teremos até 40 dias para enviar os prêmios. (Não nos responsabilizaremos por reenvio caso o pacote retorne por não recebimento, nem por extravio dos correios).
6. Caso o vencedor não cumpra os requisitos solicitados no formulário, ou o mesmo não seja preenchido corretamente, ele será desclassificado e um novo sorteio será realizado entre os outros participantes.



KIT 01

O primeiro kit é composto pelos livros:

1. A Cidade do Sol, do autor Khaled Hosseini

SINOPSE:

Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. 

Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: "Você pode ser tudo o que quiser." Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela história, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a história continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do "todo humano", somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.

2. O Passado de Joanna, da autora Poliana Marques (sim, sou eu - este livro vai AUTOGRAFADO!)

SINOPSE:

Joanna é uma jovem que foi criada no circo. Sua única família de sangue era sua mãe que morreu quando ela era bem jovem. 

Depois de ouvir o assassino matar sua mãe, ela foi criada pelo dono do circo que esconde um terrível segredo que pode mudar a vida da jovem.

Vivendo sob ameaças e torturas em um circo onde a diversão só existe para quem vai visita-lo durante os espetáculos noturnos, Joanna se apaixona, vive um grande amor e uma grande decepção.

Em busca de uma vida melhor ela foge, mas mal pode esperar pelo passado que a virá assombrar e transformar a vida dela em um inferno na Terra.

3. O Julgamento de Shemaya, do autor James Kimmel Jr.

SINOPSE:

A advogada Brek Cuttler está morta. E agora terá de enfrentar o maior julgamento de sua vida...

A jovem advogada Brek Cuttler está sentada sozinha no banco de madeira de uma estação de trem deserta. Não se lembra como chegou lá, muito menos qual é o destino final de sua viagem. Em pouco tempo, Brek descobrirá que, na verdade, está morta...

E isso provocará mais perguntas que respostas: o que provocou sua morte? Como aceitar a irrevogabilidade da morte que representa o afastamento de sua família e de todas as pessoas que ama? Pode a justiça divina apresentar tantas incongruências quanto as leis humanas? Mais do que isso, ela descobrirá que foi escolhida para integrar o seleto e talentoso grupo de advogados defensores das almas durante o Julgamento Final, onde se determina se o réu passará o restante da eternidade no céu ou no inferno.

Porém, antes de seguir em frente e advogar a favor das almas, Brek deve se preparar para enfrentar a terrível verdade sobre sua morte e aceitar as relações que traçaram seu destino na Terra e que serão reveladas durante o primeiro caso que enfrentará no pós-vida...

KIT 02

O segundo kit é composto pelos livros:

1. Leis da Paixão, da autora N. M. Silber

SINOPSE:

Gabrielle Ginsberg é uma defensora pública cheia de charme. Braden Pierce é um egocêntrico promotor de justiça. Quando os dois se encontram no tribunal, explode uma atração avassaladora...

Juntos, eles descobrirão o valor de salas vazias e as mais diferentes formas de usar escrivaninhas e corrimões. Também descobrirão que a trilha do amor pode ser atravessada por pessoas neuróticas de todos os tipos, capazes até de escrever uma carta anônima bombástica para separar os pombinhos.

Será que Gabrielle e Braden conseguirão fazer cumprir as leis do coração e contornar a falta de privacidade, a interferência de rivais ciumentos e a insanidade do sistema judiciário?

2. Os Inconfidentes, do autor Carlos Alberto de Carvalho

SINOPSE:

Com determinação e rebeldia, Bárbara Heliodora e Alvarenga Peixoto lutaram pelo amor e pela liberdade em meio a um período de injustiças e opressão. Com grande maestria, o escritor Carlos Alberto de Carvalho nos apresenta um romance sobre os personagens de um dos casos de maior destaque da política brasileira no período da Colônia: a Inconfidência Mineira. Tecendo no limiar entre o real e a fantasia junto a cenários verdadeiros e fatos históricos, o autor nos apresenta a história de amor entre os inconfidentes Alvarenga Peixoto e Bárbara Heliodora, que se opuseram às altas taxas impostas pela Coroa portuguesa e junto a personalidades já conhecidas, como o poeta Tomás Antônio Gonzaga e o alferes Joaquim José da Silva Xavier – o Tirandentes–, deram início às reuniões clandestinas que culminaram na Inconfidência Mineira no século XVIII.

3. A Coroa, da autora Kiera Cass

SINOPSE:

Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. 

Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava. 

America Singer e o Príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. 

Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.


Boa Sorte para vocês lindos! ;)

domingo, 13 de agosto de 2017

A Deusa de Anília e Outras Histórias

Olá leitores!!!

Hoje quero convidar vocês a conhecer o livro A Deusa de Anília da Cláudia Miqueloti, um livro de contos fantásticos (em todos os sentidos).

Com os cinco contos, Cláudia trás ao leitor uma viagem no mundo da fantasia e da reflexão, fazendo com que o leitor se questione sobre suas atitudes em relação ao meio ambiente e para com aqueles que vivem a sua volta.

O primeiro conto nos trás a história da poderosa Deusa da ilha de Anília que deverá combater não só os estrangeiros que vão lá para extrair ilegalmente as riquezas da ilha, como também o poderoso mago Ramura para salvar seu povo e o amor de sua vida.

Nos contos seguintes, conhecemos bravos guerreiros (humanos e elfos) que enfrentam adversidades para salvar seu povo de dragões, lobos, magos e aterradoras criaturas fantásticas.

Cada conto é especial e nos prende de maneira indescritível. A Cláudia tem um lindo dom de fazer com que assuntos importantes através da nossa amada fantasia! O livro é mais do que recomendado. Indico principalmente para jovens de 11 a 13 anos que precisam mais do que tudo entender a importância de mensagem trazida pela autora. Contudo, não posso negar que senti falta de ilustrações no livro e de uma diagramação com o mesmo toque fantástico da capa. A editora deixou a desejar nesse quesito!

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Espada de Vidro - Resenha

Olá leitores!

Hoje vim fazer resenha do segundo livro da série A Rainha Vermelha mas a unica coisa que consigo pensar é: CARACA!

Quando você pensa que não pode piorar, piora. Cada acontecimento te pega de surpresa e tentar prever os próximos passos da nossa Garota Elétrica é inevitável.

Depois de sair viva do Ossário, Mare e Cal são levados por Farley para as ruínas de Naercey onde são atacados pelos soldados de Maven. Na fuga Mare descobre quão desagradável é sair saltando com Shade e como é ficar num submarino (pela descrição é horrível). 

O submarino leva Mare, Kilorn, Farley, Cal, Shade e os outros para uma ilha onde o capitão Farley (pai da nossa rebelde Farley) esconde os vermelhos. Nessa ilha Mare vai rever a família, vai ser presa com Cal e resgatada para que junto com seu irmão, Farley e Kilorn partam em busca daqueles que são como ela e Shade, os sanguenovos.

Cada sangue novo que se junta a equipe é maravilhoso (sério!). Cada um que se juntava eu pensava: queria ter esse poder! hahahahah... Mas como nem tudo são flores e como Maven não dorme em serviço, Mare encontra corpos e bilhetes doentios no caminho. O rei quer que ela se renda, mas todos aqui sabemos que essa não é uma opção para a senhorita Barrow.

Durante as buscas (bem no começo na verdade) o livro começou a ficar maçante. Contudo isso não durou muito mais que duas páginas porque Maven encontrou Mare e conseguiu deixar sua marca na pele da jovem (a marca é um "M" o que me fez pensar em Zorro, só que do mal - não sei se a autora percebeu ou se a referência foi proposital, mas eu vi!). Depois desse encontro tudo fica mais intenso: as batalhas, os sentimentos e a falta de tempo.

Avisados por um sangue novo (que eu sinceramente ODEIO!), Mare ataca uma prisão secreta onde Maven mantem os sanguenovos que conseguia capturar antes de Mare (para que Elara "trabalhasse" neles) e os prateados que se manifestam contra as decisões tomadas pela coroa (entre eles Julian Jacos e Sara Skonos). Nessa invasão Mare vai conseguir um grande feito, mas vai pagar por ele com a vida de uma pessoa muito querida (devo me manifestar aqui e dizer o quanto fiquei triste e revoltada com o que aconteceu!).

Victoria Aveyard é brilhante de muitas maneiras. Sua escrita é fantástica. O enredo cativa, nos prende, tira o fôlego e causa uma revolta sem fim. Assim como Maven fez com Mare, Victoria colocou uma "coleira" no sentimentos dos leitores e agora os exibe por ai. É simplesmente impossível terminar esse volume sem chorar por pelo menos um personagem e ficar se perguntando o que virá a seguir.

terça-feira, 4 de julho de 2017

A Rainha Vermelha - Resenha

O que falar de um dos melhores livros de ficção/fantasia dos últimos tempos? (Pelo menos na minha opinião).

Em A Rainha Vermelha vamos conhecer Mare Barrow, uma jovem de sangue vermelho que está conformada com o fato de que em um ano irá ser convocada para ir para uma guerra inútil, assim como seus irmãos tinham sido para lutar por aqueles que tem sangue prateado.

Sua aceitação é abalada quando o mestre de Kilorn, seu melhor amigo, morre. O jovem perde o emprego e em apenas alguns dias será convocado para a guerra.

Mare tenta ser firme e busca um jeito de livrar o jovem Kilorn de seu destino. Em sua busca, ela conhece a contrabandista Farley (que é muito mais do que uma contrabandista) que topa levar Kilorn por um preço exorbitante. Nossa protagonista sabe que será inevitável mas mesmo assim tenta e isso acaba por custar o emprego e a mão de sua irmã.

Na mesma noite em que a confusão com sua irmã no mercado acontece, o ultimo dia para que Mare entregasse a Farley o dinheiro, a jovem sai para fazer o que está habituada: bater carteiras na porta de um bar. Lá ela é surpreendida por Cal, um cara aparentemente rico e que trabalha no palácio. Porem Cal não é ninguém mais ninguém menos de que o príncipe herdeiro que está ali, disfarçado para ver e conhecer mais de seu reino. No dia seguinte Mare descobre que Cal arranjou-lhe um emprego no castelo, fato este que faz com que a mãe da jovem finalmente se orgulhe dela.

Uma vez no castelo, Mare se vê obrigada a servir as grandes famílias prateadas que estão ali para a grande prova real. A prova que elegerá a filha mais talentosa para se casar com o príncipe, o homem mais rico. Mas a prova não é isso que você está pensando não. Não tem nada haver com o concurso de miss universo. Na grande prova real as candidatas devem mostrar o controle de seus poderes - poderes estes que são uma das coisas que diferenciam os prateados dos vermelhos.

Durante a prova real algo surpreendente acontece e Mare, a corte e todo o reino descobrem que Mare não é uma vermelha comum. Ela tem um poder e é mais forte do que pode imaginar. Vivendo na corte, por trás de uma cortina de mentiras, Mare se junta a Guarda Vermelha (um grupo revolucionário que luta por liberdade e igualdade) e descobre que todo mundo pode trair todo mundo.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Entrevista com a autora Clara Savelli


Olá leitores!

Hoje estou de volta com algo diferente (e que se vocês curtirem tentarei fazer mais vezes) que é uma entrevista com a autora Clara Savelli, que foi uma fofa em responder todas as minha perguntinhas e desafios. 

Vamos ver o que ela respondeu? 

Ah! Vale lembrar que se você tiver uma pergunta que não foi feita aqui, você pode deixá-la nos comentários que eu convenço a Clarinha a dar uma entrevista bônus! rsrsrsrs...

Blog Páginas da Minha Vida Literária (BPVL): Quem é Clara Savelli para você?

Clara Savelli (CS): Carioca da clara. Vive no seu próprio céu de diamantes. Gosta de pensar que é padawan da Meg Cabot, ainda que prefira o lado negro da força. Fez duas faculdades ao mesmo tempo, mas não tem um vira-tempo. Enquanto espera o convite de Zordon para fazer parte dos Power Rangers, passa o tempo livre escrevendo livros. 

BPVL: Como e quando você entrou no mundo literário?

CS: Acho que faço parte dele desde sempre, mas foi em 2007 que comecei a escrever "para valer". Nesse ano, comecei a postar Mocassins e All Stars, meu livro publicado, no Orkut.
Lá, acabou crescendo bastante e ganhando muitos leitores, a ponto de chamar atenção de uma pequena editora. Foi assim que as coisas começaram a andar e minha carreira a surgir de uma forma mais formal.

BPVL: Alem de escritora, você também é bacherel em Relações Internacionais e Direito. Por que decidiu fazer esses cursos?

CS: Libriana indecisa aos 17 anos, não fazia ideia do que eu queria fazer da minha vida, além de escrever livros. Na época o vestibular ainda não era unificado no ENEM, como hoje. Por isso, prestei uma carreira que eu achava potencialmente interessante em cada faculdade e pensei "na que eu passar, vou cursar". Acabei passando em três e, libriana indecisa de novo, acabei fazendo duas ao mesmo tempo. Me formei no tempo correto, com boas notas e com prêmios, mas com muitos cabelos brancos e algumas crises de gastrite, rs. Gosto muito das duas carreiras e já atuei nas áreas, mas hoje não me vejo mais atuando. Estou, desde agosto de 2016, totalmente focada nos livros.

BPVL: Você já tem 2 prêmios literários no currículo ( o NRA 2009 nas Categorias "Melhor Livro Não-Concluído", "Melhor Autora" e "Melhor Entrevista" e o Prêmio Paulo Britto de Literatura 2011 na Categoria Prosa). Como foi ganhar esses prêmios?

CS: Chorei muito! Depois eles eu também fui menção honrosa de outro concurso em 2012, ganhei o Wattys de 2015 e 2016 e fui finalista de um concurso da plataforma Sweek esse ano. Chorei todas as vezes. É sempre muito bom ver nosso trabalho e nosso talento reconhecidos! Às vezes eu duvido muito dele, então ter esse tipo de conquista me faz ter mais confiança em mim mesma e escrever mais!

BPVL: Quando foi que você começou a escrever e quando foi que percebeu que sua paixão pela escrita estava incontrolável?

CS: Como eu disse, eu acho que comecei a escrever desde sempre, rs. Minha mãe diz que eu escrevia antes mesmo de escrever, desenhando as histórias e mandando-a legendá-la. Sempre fiz textos de presentes para amigos e para minha família, mas foi quando eu era adolescente, com uns 15 ou 16 anos que comecei a escrever de forma incontrolável, rs. Logo depois comecei a escrever Mocassins e All Stars e engatei de vez nessa vida.

BPVL: Dos livros que já li (e pelo que andei observando) você escreve livros de romance com temática adolescente. Quando foi que você percebeu que esse era seu gênero de escrita?

CS: Foi sempre o gênero que eu mais gostei de ler (e o que eu mais gosto até hoje) e o gênero onde as histórias fluem mais naturalmente para mim. Meus primeiros contos e livros já eram desse gênero, então acho que foi um processo mesmo natural. Como eu amo livros com essa temática, acabei replicando-a em minhas histórias.

BPVL: Você já pensou ou já tentou escrever um livro com um gênero literário que não seja romance adolescente? Se sim, qual foi o(s) gêneros?

CS: Sim! Apesar de ter começado com romance adolescente, minha pasta de ideias no computador está repleta de livros de outros gêneros dos mais diversos (por exemplo, tem romance histórico, chicklit, drama e até mesmo distopia!). Hoje estou trabalhando em dois projetos para Amazon que são romances de outro gênero, mas ainda não posso contar muito! Além disso, para a coletânea Mundos Paralelos, lançada pela editora Abril, eu escrevi uma distopia! Foi um super desafio, mas amei.

BPVL: Já percebi que seu cantou favorito é Ed Sheeran (ou será que estou errada? - risos). Considerando este fato, gostaria de saber se você se imaginou conhecendo ele quando escreveu o livro Tiete!.

CS: Menina, você acredita que não? Eu amo o Edinho (rs), mas eu só descobri a existência dele e das músicas dele por conta das minhas leitoras de Acampamento! Elas comentaram que Eduardo era muito parecido com ele e eu fui pesquisar. Conclusão, adorei e sou fã! Fui até no show que ele fez aqui no Rio esse ano e foi mega emocionante. Ele é um exemplo de ser humano e um maravilhoso cantor, sem dúvidas. Porém, minha banda favorita de todos os tempos são os Beatles.

Sobre Tiete!, a inspiração não foi o Ed, mas sim o Zac Efron. A ideia do livro é de 2007/2008 quando eu estava completamente viciada em assistir High School Musical e apaixonada pelo Zac Efron, que interpretava o Troy. Alex, o ator da história, é abertamente inspirado no Zac e na paixão adolescente que eu nutria por ele.

BPVL: Agora vamos para Acampamento de Inverno para músicos (nem tão) Talentosos. Você toca algum instrumento?

CS: Não, rs! Eu já contei um pouco disso nos vídeos sobre Acampamento que fiz para meu canal no Youtube (Clara Savelli), mas na verdade eu sou uma completa negação musical. Quando eu tinha uns 8 anos fiz um ano de estudos de música em um conservatório, onde aprendi piano, flauta e um pouco de bateria. Mas eu era verdadeiramente muito ruim e não gostava muito das aulas. Não continuei o aprendizado e hoje desaprendi tudo, rs.

BPVL: De onde surgiu a ideia de colocar musica e acampamento juntos?

CS: Acho que um pouco de High School Musical e um pouco desse conservatório de música que eu mencionei na pergunta passada. Muita gente acha que o livro é inspirado por Camp Rock, mas eu só vi o filme uma vez! Preciso inclusive revê-lo e assistir o 2, que nunca vi. Eu sou apaixonada por música e a vontade de escrever algo que fosse preso nesse ambiente musical o tempo todo foi o que me motivou a escrever acampamento, que também é uma ideia de 2009.

BPVL: Como você consegue conciliar sua vida profissional com literatura e mais a rotina dos blogs onde é colunista?

CS: Chorando amargas lágrimas, rs! Mentira! Fazer duas faculdades ao mesmo tempo me proporcionou uma dádiva que eu não tinha antes: organização. Hoje sou bem mais organizada do que eu era e, por isso, consigo conciliar um pouquinho melhor meu tempo. Minha amiga escritora, Aimee Olivera, fica horrorizada em como eu consigo dar conta das minhas listas de coisas para fazer! Mas nem sempre consigo e às vezes é um pouco frustrante. Mas sigo tentando!

BPVL: Agora quero que me responda a primeira coisa (e quem sabe um pouquinho sobre ela) que pensar ao ler cada um dos tópicos abaixo:

BPVL: Cor

CS: Azul, mas hoje em dia tenho gostado muito de lilás.

BPVL: Professor (a) dos tempos de escola 

CS: Izabel Cristina. Foi minha professora de história da quinta à oitava série e mudou minha vida. Me ensinou muito mais do que simplesmente história, abriu meus olhos para novas realidades e perspectivas e foi fundamental na minha vida e no meu desenvolvimento. Ela faleceu recentemente de câncer e faz uma falta enorme no meu coração.

BPVL: Filme 

CS: Magia Além das Palavras (é um filme inspirado na vida da J.K. Rowling que eu queria que o mundo inteiro assistisse).

BPVL: Musica 

CS: Sou muito de fases, mas ultimamente tenho ouvido muito Shape Of You, do Ed Sheeran.

BPVL: Cantor (a) 

CS: P!nk

BPVL: Banda

CS: The Beatles

BPVL: País

CS: Itália (eu tenho ascendência, sei falar italiano e me sinto pertencente ao país, hahaha)

BPVL: Animal 

CS: Pinguim! Coisa mais linda do mundooooo! Mas sou apaixonada por bichos, especialmente por cachorros. A louca que adora apertar todos eles.

BPVL: Livro

CS: Três Metros Acima Do Céu - Federico Moccia (por favor, leiam, é fantástico)

BPVL: Gênero Literário

CS: Romance Adolescente :P

BPVL: Um personagem 

CS: Mia Thermópolis, meu alterego (do livro)

BPVL: Autor (a)

CS: MEG CABOT, DIVA E DONA DO MEU CORAÇÃO

BPVL: Para terminar, gostaria que respondesse a tag que criei relacionada ao meu livro, O Passado de Joanna.

BPVL: 1. Acrobatas – Um livro com muitos altos e baixos.

CS: Pode escolher o próprio livro? Mocassins e All Stars é uma montanha russa de acontecimentos, rs.

BPVL: 2. Atirador de facas – Um livro que fez você querer atirar facas no personagem principal.

CS: Alguns livros da série Instrumentos Mortais. Tinha vezes que dava vontade de dar na cara da Clare, só Jesus.

BPVL: 3. Contorcionistas – Um livro que você se contorceu para ler.

CS: O Selo Médici - Theresa Breslin. O livro é um pouco lento e também é gigantesco, então eu tinha que fazer contorcionismo REAL para lê-lo, hahaha.

BPVL: 4. Domador de Animais – Um livro que domou você; prendeu sua atenção do inicio ao fim.

CS: Aproveitando o tema: Revolução dos Bichos, do George Orwell. Me surpreendeu muito e eu não consegui parar de ler.

BPVL: 5. Equilibristas – Um livro equilibrado; sem altos e baixos.

CS: Ser Feliz é Assim - Jennifer E. Smith. Meu livro preferido da autora e um amor do início ao fim.

BPVL: 6. Faquir – Um livro cujo o personagem principal sofre muito.

CS: Antes de morrer - Jenny Downham. Livro lindo da po#@%

BPVL: 7. Globistas – Um livro cuja história gire em círculos.

CS: Vale o próprio? Chinelo e Salto Alto é bem assim, mas de uma forma positiva.

BPVL: 8. Homem Bala – Um livro que você leu rápido como uma bala.

CS: Qualquer livro da Meg Cabot ou Julia Quinn. O sétimo livro dos irmãos Bridgetons eu li em 4 horas.

BPVL: 9. Mágicos – O livro que fez você esperar loucamente pelo livro seguinte só para saber o que aconteceria.

CS: Sociedade Secreta - Diana Peterfreud. E a Record demorou HORRORES para lançar o último livro. Sofri.

BPVL: 10. Malabaristas – Um livro cujo personagem principal precisa lidar com problemas totalmente diferentes ao mesmo tempo.

CS: 13 porquês - Jay Asher. O livro é incrível. Por favor leiam.

BPVL: 11. Mulher Barbada – um livro que te fez colocar as barbas de molho e entrar em ressaca literária.

CS: Três metros acima do céu - Federico Moccia. E toda vez que eu releio, fico de ressaca de novo. hahaha.

BPVL: 12. Palhaços – Um livro que tenha uma piada ou ironia.

CS: Pela Janela Indiscreta - Aimee Oliveira. Me fez passar vergonha rindo em público mais de uma vez. Sempre que eu estou triste, lembro dele e dou umas risadinhas.

BPVL: 13. Comedor de Fogo – Um livro que te deu raiva.

CS: Doce Perdão - Lori Nelson Spielman. Nem consegui terminar de ler quando vi o que estava acontecendo. Uma pena, porque amei demais A Lista de Brett, da mesma autora.

BPVL: 14. Trapezistas – Um livro que fez o tempo voar; que te distraiu.

CS: Qualquer livro da Meg Cabot, hahaha! Vou escolher o que li mais recentemente, The Boy Is Back. Ainda não lançou no Brasil, mas é da série "Garotos".

segunda-feira, 19 de junho de 2017

A Estrela dos Mortos (Série Supernova) - Resenha

Olá leitores!

Hoje vou falar um pouquinho do segundo livro da série Supernova do Renan Carvalho. Caso você não tenha lido o primeiro livro da série e nem a resenha que fiz dele, pode clicar aqui e conferir.

Renan (nem sei se você vai ler isso) mas que sacanagem você fez com os leitores logo no começo do livro ein? hahahaha...

Eu estava alucinada para saber o que aconteceria com Leran e Luana, que saíram escondidos de Acigan após a morte de um bocado de gente. Mas o que o senhor autor faz em vez de nos contar logo o que aconteceu? Ele nos apresenta a outra personagem.

Tlavi é a estrela da cura e logo no começo ela vai, junto com os Paladinos (que é um povo bem foda), para Cimerium (uma cidade próxima a onde ela mora) pois uma energia negra não só está afugentando como matando mineradores e cidadãos. 

Mesmo inserindo Tlavi contra minha curiosidade de leitora o Renan não desapontou. Deu um show de narrativa e de ação. Foi simplesmente impossível piscar (ou até mesmo respirar) durante cada um do momentos em que Tlavi fica frente a frente com o mal.

Contudo, queridos leitores, não se enganem. Tlavi pode ser uma estrela (e ela é) com poderes lindo maravilhosos e esplendorosos. Mas ela não pode salvar seu pai que estava a beira da morte e/ou ajudar o irmão quando ele mais precisava. Durante a narrativa ela tenta mostrar as difíceis escolhas que uma estrela tem que fazer e até certo ponto entendo. E podem falar o que quiser, mas acredito que ela conseguiria sim salvar o pai e ainda cumprir suas funções políticas e guerreiras. A personagem é contraditória. Consegui ama-la nas primeiras páginas mas depois passei a odiá-la (desculpe Renan). 

Intercalando com a narrativa de Tlavi temos os nossos velhos conhecidos, Leran e Luana que após serem abordados no trem por caçadores de recompensas e se perderem no escaldante deserto, são salvos pel população que vive perto do Polo Terra (um povinho bem fora da casinha viu?). O povo, depois de dar um senhor trabalho aos dois, os ajuda a escapar dos caçadores, que marcaram Leran e que vão persistir nessa busca até mais da metade do livro.

Quando Leran e Luana finamente alcançam Mabra, eles buscam por Quiroon conforme foram orientados. E é falando com o filho dele, Gueth, descobrem que o homem morreu pois sua filha, a grande estrela da cura não apareceu para salva-lo.

Entre arrancar informações de Gueth e convencê-lo a ajuda-los, percebemos que Luana não tem uma queda pelo lutador. Ela tem um tombo. Fato que deixa Leran morto de ciumes e que ao mesmo tempo faz com que os irmãos se afastem.

Enquanto tentam, sem sucesso chegar a Tlavi para que ela auxilie Luana, o trio descobre que Shaz (a estrela da morte) colocou sua orda de criaturas da morte para destruir e angariar mais soldados para seu putrefato exercito. A partir dai, uma grande luta atravessa cidades vizinhas unindo bandidos e mocinhos em busca de uma chance de sobrevivência.

Ao fim do livro algumas duvidas permanecem e deixam um ganho pra lá de bacana para um próximo livro (que eu sei que o Renan já terminou de escrever).

Se interessaram? Corram para ler porque esse super vale a pena!

domingo, 11 de junho de 2017

O Menino que Desenhava Monstros - Resenha

Olá leitores!

Hoje vim falar do segundo livro que li da editora Darkside.

Não existe jeito melhor de começar esta a resenha do que falando (desculpem o palavreado): QUE LIVRO FODA.

Eu já estava há um tempo com dificuldades em engajar em uma leitura e sinceramente, esse livro me salvou de uma grande ressaca literária. Li o livro com uma ávida vontade em saber o que viria depois. Foi simplesmente impossível parar.

O livro nos conta a história de Jack Peter, um garoto que de 10 anos que tem Síndrome de Asperger, o que causa muita dificuldade de comunicação e interação.

Fonte: Minha Vida
Quando quase se afogou junto com seu amigo Nicholas quando tinham 7 anos Jack Peter desenvolveu Agorafobia, ou seja: medo do ar livre.

Jack passa seus dias trancado em casa desenhando. Quando seus pais precisam levá-lo ao médico, uma verdadeira força tarefa é necessária.

Quando Nick precisa passar alguns dias na casa de Jack para que seus pais (que são dois bêbados malucos) saiam em lua de mel, coisas estranhas começam a acontecer. Um homem grande, nu e branco é visto correndo pelos arredores junto com um enorme cão branco, barulhos atormentam a casa durante a noite, bebês monstros andando pelas paredes, histórias de um naufrágio que ocorreu naquela mesma costa anos atrás e uma senhora caolha com histórias sobre fantasmas são acontecimentos que irão levar os personagens a beira da loucura e até mesmo a lutar por suas vidas.

Keith Donohue construiu um mundo encantador que deixará o leitor apreensivo e sempre querendo saber mais sobre as próximas criações de Jack. O livro não é terror, mas sim um suspense fantástico que encantará sua imaginação.

domingo, 28 de maio de 2017

Sebo Fernandes - Resenha

Olá leitores!

Hoje vim aqui fazer resenha de mais um livro maravilhoso (eu sinceramente amo TODOS os livros) da L. L. Alves.

Já resenhei quatro dos livros dela. Se você não viu ainda, confira as resenhas clicando nos títulos:

A Seleção (Série Instituição Para Jovens Prodígios)


A Traição (Série Instituição Para Jovens Prodígios)


A Revelação (Série Instituição Para Jovens Prodígios)

Mudanças

E hoje, vim aqui para contar pra vocês a história de mais um dos livros dela.

Em Sebo Fernandes, L. L. Alves vai nos apresentar Luciana Prestes, uma adolescente que apesar de todas as dificuldades impostas pela vida, estuda não só por paixão ao conhecimento como também para cumprir a promessa que fez ao falecido pai: não desistir de estudar e conseguir um bom futuro. Para isso, a jovem luta contra o bullying, contra a depressão que assola não só ela como a mãe, e com a falta de condições para estudar.

E é de maneira complicada e muita determinação que Rosângela, a professora de português da jovem, consegue fazer com que Luciana aceite seu jeito simples e humilde de ajudar a jovem a se preparar de maneira mais adequada para os vestibulares que estavam por vir.

Primeiro, Rosângela consegue pagar por cerca de um mês de cursinho para a aluna. Nesse cursinho Luciana conhece o sobrinho/professor de português de Rosângela. Henrique Fernandes que, a pedido da tia, oferece seu material antigo para que a garota estude e fica de olho para que a jovem tenha o necessário para estudar. Contudo, o medo de perder pessoas próximas a ela que surgiu após a morte do pai não permite que Luciana abaixe a guarda e o deixe se aproximar mais.

Quando Rosângela fica doente o casal (que qualquer um vai shipar desde o começo da história) se aproxima. Henrique passa a dar aulas para a jovem no sebo da família visto que Rosângela não poderá mais pagar o curso por conta das despesas com hospital.

Entre altas e baixas impostas pela vida, o casal vai se aproximar e se distanciar sem nunca perder sua vontade de superar as dificuldades.

L. L. Alves escreveu, literalmente, com a alma e com o coração. A conquista do coração do leitor vem de maneira fácil. A dor, o sofrimento e as dificuldades vividas pelos personagens faz com que a proximidade e a identificação sejam grandes. É impossível não se apaixonar por esse casal.

Caso tenha se interessado, compre o e-book na amazon!

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Mostra da série: Minha Vida

Olá leitores!!!

Vim aqui para entregar um presentinho que os parceiros lindos: Lari Azevedo e Guilherme Cepeda deram para vocês.

Para aqueles que ainda não sabem, eles são autores dos livros Minha Vida Dava um Livro e Minha Vida Dava uma Série, publicados pela editora Única.

Crédito da foto: Lari Azevedo
E eles mandaram pra gente uma pequena mostra dos livros para que a gente possa ver, fazer (pois são livros interativos) e nos apaixonarmos.

Você pode baixar a mostra dos dois livros clicando aqui (se não funcionar, comentem para que eu possa resolver o problema okay?).

Curtiu a ideia? Se apaixonou? Então compre o seu exemplar  pelos links abaixo.

Minha Vida Dava Um Livro


Minha Vida Dava Uma Série
 

sexta-feira, 21 de abril de 2017

His Princess (Série The Princess) - Resenha

His Princess é o primeiro livro da série The Princess. Ele foi escrito pela autora americana Alexa Riley e ainda não está disponível na língua portuguesa. Contudo, a linguagem utilizada pela autora é fácil e qualquer um que tenha o conhecimento básico da língua inglesa consegue lê-lo facilmente.

A princesa Alena foi prometida em casamento ao rei Roman. Um rei que segundo o povo é um verdadeiro homem das cavernas de tão grande e bruto.

Alena é insegura por não seguir o "padrão moreno" da família. Além disso, ela não esperava que fosse casar primeiro que a irmã, Tabby, visto que é a mais nova e que nunca foi a mais desejada pelos homens da sociedade real.

E como qualquer garota que foi prometida em casamento para um cara que não conhece e que não se tem uma boa fama, ela fica receosa e junto com a irmã, planejam para passar ao futuro noivo uma péssima imagem durante o jantar que irá fazer com que os dois se conheçam. Entretanto, durante a noite do jantar e durante outras escapadas que Roman da antes do casamento para o quarto da princesa, Alena descobre que o rei não é nada daquilo que dizem. Ele é apenas um homem apaixonado e que fará de tudo por sua futura rainha.

Alena tem uma personalidade um tanto engraçada e quando se junta com a irmã, Tabby, faz com que o leitor de umas boas risadas visto que aprontam como duas crianças levadas.

Roman e Vlad, o guarda costas, também tem seu lado engraçado e mostram como homens se transformam ao se apaixonar perdidamente.

His Princess é um livro curtinho e leve. Não é o melhor livro no quesito enredo e escrita, mas é perfeito para descansar a mente e até mesmo curar uma ressaca literária. Ele tem uma pegada hot, mas nada que deixe o livro parecendo um pornô escrito. Tudo é colocado de maneira medida e contida afim de dar ao leitor momentos de tranquilidade e leveza.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Lacrymosa - Primeiras Impressões


Olá leitores!

Estou aqui hoje para fazer as primeiras impressões (o que achei ao ler as primeiras páginas) de Lacrymosa, o novo livro da Juliana Daglio (vulgo rainha das trevas).

Caso você ainda não tenha tido nenhum tipo de contato com a escrita da Juliana, cheque a resenha que fiz de O Lago Negro e depois corra para adquirir um dos livros dela. Afinal, ela é maravilhosa e incrivelmente talentosa.

Agora vamos ao que interessa: O novo pote de ouro da Ju Daglio (Ju porque sou íntima! #SQN).

Em Lacrymosa Juliana Daglio nos apresenta de forma intrigante a misteriosa Valery Green, uma policial que não é tão durona quanto pensa mas que esconde um grande segredo.

Valery saiu de casa aos 16 anos por conta de uma série de acontecimentos estranhos. Eles são um tanto distintos e nessas primeiras páginas (onde conhecemos apenas alguns deles) passamos a saber que eles tem uma coisa em comum: o demônio.

Com uma nova vida e oportunidade, ela cresce e constrói carreira na polícia junto com seu parceiro Axel que, atraído pela pouca luz que ainda existe na personagem, se apaixona por Valery.

Mesmo afastada para exames psicológicos, Valery é convocada para ir até Darkville, uma pequena ilha próxima a Nova York, para uma procurar por George e Anastacia Benson em uma propriedade da família. Pai e filha desaparecidos desde que a esposa e mãe, Nadine Benson, foi encontrada morta com mordidas humanas.

Não. Esse não é mais um caso de violência extrema cometida por conta da loucura que assolam muitas das mentes humanas. Esse é mais um caso onde o demônio comete atrocidades. Este é mais um dos muitos casos em que Valery irá encarar o causador das trevas que assolam sua vida. Este é mais um caso em que Valery precisará da ajuda DELE.

Juliana Daglio é simplesmente brilhante ao nos apresentar tamanho mistério e terror. A angustia e o pânico levarão o leitor a ansiedade e a insanidade de quem vive nas trevas do horror. E por mais escuro que seja, será impossível não querer adentrar a escuridão que habita não só o mundo, como nossa alma.

sábado, 15 de abril de 2017

Antes Que o Tempo Acabe - Resenha



Olá leitores!!! Hoje é dia de resenha parceira. Ou seja, resenha de um livro escrito e/ou enviado por um dos parceiros do blog!

A resenha da vez é do livro Antes que o Tempo Acabe do querido L. A. Melo, que foi publicado pela Young Editorial.

L. A. Melo trás ao leitor um narrador inusitado e que vai no contar a história de Claire Withley, uma jovem americana que é apaixonada pela arte de pintar, mas que se dedica a natação em virtude da mãe que não aceita sua vontade de seguir carreira nas artes.

Quando a maior competição de natação chega, Claire é drogada por uma das competidoras, desmaia e bate a cabeça. A pancada vai desencadear uma doença que irá mudar a vida da protagonista drasticamente: a ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica).

Ao saber que seus dias de vida estão contados, a família de Claire muda e por um breve instante se despedaça. 

Mas é com a ajuda de sua melhor amiga Lisa e com Alo, o amor de sua vida, que Claire vai colar cada sentimento e bagunça causada pela doença, viver intensamente o pouco tempo que lhe resta e ensinar ao leitor que desistir nunca é e nem será uma opção perante as dificuldades e dores da vida.
"O maior presente que podemos dar para alguém é o nosso tempo. Porque dando o seu tempo, você está dando a alguém uma parte de sua vida que nunca mais voltará."

Apesar de não ser TÃO bem trabalhado e de conter muitos erros na construção da história, o enredo cativa e trás ao leitor a oportunidade de se envolver e de viver uma situação a qual ninguém quer jamais viver: a iminência de uma morte.

A escrita e construção da história mostram claramente a inexperiência do autor no ramo literário. Contudo, também mostram que se ele trabalhar e se dedicar, terá um futuro maravilhoso na literatura brasileira.

Quanto ao trabalho da Young Editorial, obrigo-me a guardar elogios. Apesar da arte criativa e bem trabalhada da capa , o mau uso das cores a deixou incoerente e apagada não destacando a mesma no formato físico ou virtual. Não houve básico necessário na revisão gramatical deixando pendente diversos erros gritantes que sufocaram o texto. A diagramação é linda apesar de carregada em excesso nos detalhes,atrapalhando em certos pontos da leitura.É notório a necessidade de uma leitura e correção crítica que traria maior fluidez à obra, falta que auxiliou o enterrar do trabalho editorial por parte da editora.

Infelizmente, um livro que tem potencial enorme foi agredido pela incapacidade da editora em fazer seu planejamento e execução.

Adicione este livro no skoob clicando aqui.
Adquira o seu exemplar pelo site da editora ou na Saraiva.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Elevador 16 - Resenha

Algumas semanas atrás finalizei a leitura de Elevador 16 do autor brasileiro Rodrigo de Oliveira e a unica coisa que consigo falar é: UAU!

O livro é um conto da saga As Crônicas dos Mortos, que conta sobre a descoberta de um novo planeta. 

Em Elevador 16 vamos conhecer Mariana, uma jovem empregada de uma grande empresa de desenvolvimentos de sistemas de São Paulo que trabalha sem nem mesmo parar para ver o grande e recém descoberto planeta Absinto passar próximo à Terra.

Logo no início, descobrimos que além de quebrar um das regras da empresa saindo com seu chefe, Mariana engravida dele.

Visivelmente abalada, Mariana conta a notícia a Raul, um cara super babaca que joga a culpa nela e que automaticamente começa a pensar em um jeito de se livrar da criança e da responsabilidade que a amante carrega em seu ventre. Mal sabe ele que jamais vai conseguir tal feitio.

Na hora do almoço, 16 pessoas entram em um dos muitos elevadores do prédio onde se localiza a empresa. Entre elas Raul, e Mariana com suas duas melhores amigas. Pouco tempo depois de o elevador começar a fazer seu caminho até o térreo, o elevador para e nenhum dos presentes consegue contato com o mundo exterior.

Como se não bastasse a falta de comunicação, 10 pessoas (entre elas o cachorro do Raul) desmaiam e acordam um tempo depois com olhos completamente brancos, atitudes irracionais, com sede de sangue e com fome de carne humana.

E isso é só o início do fim.

Rodrigo de Oliveira trás ao leitor um mundo sombrio onde lutar pela vida é o mais essencial. Depois de ler este conto você nunca mais vai entrar em um elevador e ficar tirando selfies sem se preocupar com o que pode acontecer.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

O Encantador de Flechas (Série Supernova) - Resenha

Olá leitores!

Sei que estou "sumidíssima" e peço desculpas. Como eu já havia comentado em postagens anteriores, estou quase formando e precisava me dedicar ao TCC (vou defendê-lo na próxima quinta feira). Mas agora que o bendito já está escrito e praticamente finalizado tenho tempo pra me dedicar aqui novamente! Aeeee!!!  \o/\o/\o/

E para começarmos com o pé direito venho trazer aqui a resenha do livro que ficou um tempão parado devido ao TCC, mas que é de longe um livro MARAVILHOSOOOOO!!!

Renan Carvalho é um autor brasileiro (e lindo diga-se de passagem - confiram o instagram dele e me digam depois) extremamente talentoso.

Em O Encantador de Flechas, ele vai nos apresentar o menino Leran Yandel que vive com sua mãe e sua irmã Luana na cidade de Acigam.

Acigam é uma cidade literalmente fechada. Envolta por muros, ninguém entra ou sai da cidade sem que o governo saiba, nem mesmo o conhecimento. Ou seja, o governo controla absolutamente TUDO.

Para ficar mais fácil de entender como é a organização política da cidade, você pode imaginar que a política em Acigam é basicamente a mesma que foi imposta no Brasil em 1964: a ditadura militar.

Em Acigan, vivem pessoas denominadas magos e as pessoas normais como eu e você (meros mortais). 

Os magos são pessoas que tem habilidades de controlar um ou mais de um dos elementos utilizados pelos deuses para criam a terra (fogo, água, ar, terra, luz e trevas). Afim de conseguir a liberdade de treinar e exercer suas habilidades em prol da população de Acigam, os magos se juntam e formam um grupo denominado Guida.

Para lutar contra a Guilda o governo tem uma espécie de soldados que é bem mais treinada do que o normal. Eles tem habilidades físicas e até mesmo a ajuda da ciência para poder estar no mesmo nível de luta dos magos. Esses soldados são chamados Silenciadores. Foram eles que mataram o pai do Leran e muitos outros membros da Guilda.

Apesar disso tudo, no início do livro, Leran ainda não detêm TODO esse conhecimento sobre os magos e os silenciadores. Ele tinha pequenas aulas de encanto escondidas da mãe, com seu avô e estava mais do que disposto a melhorar visto que acabava de entrar de férias. Contudo, ainda no inicio das férias Leran escuta e descobre tudo quando aparece de surpresa na loja do avô. Nesta mesma noite, alem de descobrir tudo, Leran vai poder ver com seus próprios olhos como os silenciadores trabalham e quão frio eles são.

No dia seguinte após mais uma das muitas aulas sobre encantamentos que tem com o avô, Leran esbarra e faz amizade com Judra, uma garota meiga (ou não) que há de se tornar o pequeno "crush" do protagonista.

Mas como nada nessa vida é maravilhoso, Leran, a Guilda e o governo descobrem que existe uma estrela (um dos muitos seres que foram criados pelos deuses afim de equilibrar as energias na Terra) na cidade. E ai sim a coisa fica louca. Mortes aconteceram, máscaras cairão e desafios se tornarão cada vez mais complexos.

Quem é a estrela? Como essa loucura vai se desenvolver? 

Só lendo pra saber.

E não. Vocês não irão se arrepender. Renan trouxe ao leitor um mundo novo, repleto de personagens cativantes e intrigantes. é impossível resistir a magia que emana das páginas. Você não terá escolha a não ser se jogar nessa aventura.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Mundo Estranho e Autores do Wattpad

Olá leitores!

Estou passando para convidar vocês para um evento MUITO especial que a nossa parceira, Clara Savelli, esta envolvida.

O evento será amanhã, sexta feira e irá revelar o projeto que a revista Mundo Estranho e 9 dos maiores autores do Wattpad, estão trabalhando.

Segundo a nossa parceira, os autores envolvidos e o pessoal da revista ja vem dando dicas há algum tempo por meio da #GeraçãoWattpad .

Ta curioso??? 

Então confirme sua presença no evento clicando aqui, e fique de olho!

Vamos viver esse momento especial juntos!